Love is love
Anonymous asked:
pq vc não mostra o rosto nos videos que posta?

Porque eu sou feia …. bubú

Anonymous asked:
mora aonde? u-u

São Paulo- Capital

Anonymous asked:
é você nessa foto?

Sim

Você já gostou muito de alguém? Provavelmente sua resposta será ‘sim’!
Todo mundo já teve uma paixão avassaladora, um amor platônico ou então doentio.
Alguém em quem você depositou todas suas fichas, a quem você depositou sonhos e planos.
Você o colocou como a parte mais importante que há em você. Acima dos seus amigos, família, lugares, gostos e tudo o que pudesse para ser só ele.
A cada vez que ouvia sua voz, se esquecia de você. A cada beijo, o mundo desaparecia por completo. A cada abraço, era uma fortaleza inteira. Aquele sorriso que iluminava o seu dia.
Aquela ansiedade para estar junto, para contar do seu dia e saber como foi o dele, sentir que está bem.
Aquela pessoa que quando não dormia ao seu lado, você ia dormir com aquela falta. Mas ia dormir feliz e sentindo as borboletas no estômago, por que o tinha em sua vida.
Você se perde e já não sabe mais onde ele começa e onde você termina.
Mas o tempo é cruel, e o ser humano é imprevisível. Dificilmente encontrará alguém que se encaixe com a alma perfeitamente na sua e que valorize cada detalhe, cada minuto que você dedica do seu dia, a ele.
Aquele sentimento incrível se torna algo insano, que te machuca e te destrói um pouquinho a cada dia. Tira noites de sono, te causa pesadelos.
Aquele frio na barriga que sentia ao ouvir seu nome, de repente passa a te dar calafrios, a te machucar.
Nessa tentativa pelo desapego, em manter distância, você é traída pelo desejo, pela pele.
Pode acordar arrependida, com raiva de si mesma, e ainda assim vai recair mais vezes.
Mas nesse decorrer de tentativas fracassadas, já passou mais tempo, você já teve mais decepções, e aos poucos mantém distância.
E eu acho magnífica a parte ‘pós’ um relacionamento e sofrimento. A tal perda de sentimentos.
O tempo passou, você deixa de se importar, de lembrar, de sentir falta e desejo.
Vocês se encontram, e seu coração continua no mesmo compasso, não acelera. Seu estômago permanece intacto e não congela. Não sente suas mãos suarem e nem seus joelhos enfraquecerem. Aquela lágrima chata e inconveniente que sempre insistia em cair quando se aproximavam também não está lá.
A sintonia não é a mesma, e não existe aquela química que sempre existiu entre vocês. O cheiro dele não te afeta em nada, o abraço não é mais seu porto seguro e aquela voz deixa de ser música a seus ouvidos.
Você pediu tanto em suas preces para tirar aquela pessoa do seu coração, dos seus pensamentos.
Você lutou tanto para sentir isso tudo, por essa falta de sentimentos, e lá está você, parada, assustada com a falta de tanta coisa ao mesmo tempo.
Seu coração está leve e tranquilo. Sem nenhum aperto, sem nenhum sinal de vida.
Mas se passou tanto tempo, não é mesmo!? Será mesmo a perda ou tempo demais?
Você se lembra de como era bom se sentir assim, exatamente como era antes de conhecê-lo. Porém, agora com sua própria defesa.
E não se preocupa mais com isso tudo. Afinal, você só quer aproveitar essa felicidade absurda por gostar tanto de você mesma.
Ninguém está impune a se apaixonar, ou então sentir de novo, com todas as forças um amor que sempre esteve ali, intacto, porém adormecido.
Só nos resta saber lhe dar com o desejo. Por que esse sim da em nossa cara e nos derruba

"As coisas eram mais simples a um tempo atrás."

Eu estarei mais feliz, mesmo morrendo de dor….

a-girl-with-dark-secret asked:
Vou fazer uma pergunta diferente de todas só pra eu parecer legal... Vc gosta de queijo?? Hahaha

Kkkkkk sua pergunta foi muito criativa, mas eu não sou muito fã de queijo não. .. Acho que porque o queijo me remete a leite

lilayy-oc asked:
Me encanta su blog! 💞💞💞💞🎉🎉😊

Estoy muy contento de que les guste mi Blog <3